quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Quem "Catilina" deseja derrubar no Brasil?

Quem "Catilina" deseja derrubar no Brasil?

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Até que grau irá a desmoralização da desqualificada classe política brasileira? O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva é oficialmente investigado por suposta participação em grandes esquemas de corrupção - o que se agrava com o indiciamento do amigo preso José Carlos Bumlai. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, tem suas residências (oficial e particular) "visitadas" pela Polícia Federal, por ordem do Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria Geral da República. O presidente do Senado, Renan Calheiros, sabe que algo parecido pode acontecer com ele, a qualquer momento. E tem o Delcídio Amaral, primeiro senador preso em pleno mandato, que estaria prestes a aderir a uma delação premiada que arrasaria com o desgoverno do qual era líder.

Esse é o clima de completa desmoralização que marca a agonia do desgoverno Dilma Rousseff. Enquanto o STF resolve o que vai definir sobre o rito do pedido de impeachment contra a Presidenta, em uma explícita judicialização da política, é preciso ressaltar que os aliados mais próximos do vice-Presidente Michel Temer são alvos de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. Este probleminha só deixa claro que Temer não tem condições seguras de suceder Dilma, caso consigam derrubá-la ou forçá-la a renunciar (o que, em tese, seria mais difícil, pelo temperamento dela). Temer não tem credibilidade para assumir. A fragilidade de Lula, que seria o grande interessado e possível beneficiário futuro da eventual queda da Dilma, torna a conjuntura política ainda mais complicada.

Os 53 endereços que são alvo da presente Operação Catilinária da Polícia Federal (em torno de sete processos sob investigação) podem esconder documentos e provas que ajudem a indiciar envolvidos no complexo sistema de corrupção brasileiro - constituído "naturalmente" em um Estado Capimunista Rentista que segue a lógica canalha da exploração e da roubalheira. Grandes novidades, com dissabores para os políticos ladrões, são esperadas até o fim deste ano. O único senão é que, sem uma mudança estrutural ampla, qualquer ação contra corruptos será um mero enxugamento de gelo, mais atacando nas consequências que nas causas reais dos esquemas sistêmicos da safadezas. 

O fato grave, concreto e objetivo é que o Brasil está parado, na mais grave crise estrutural da História. Se a crise econômica ficar mais grave que a crise política, as mudanças necessárias terão de acontecer, queira ou não a oligarquia (ou zelite) brasileira. O negócio é esperar para ver o que vai acontecer. A previsão é de aumento da instabilidade em clima tenso de salve-se-quem-puder.

O jeito é recordar o Cônsul Romano Marco Túlio Cícero e perguntar: Até quando abusará da nossa paciência, Catilina?

Catilina foi um General (Lúcio Sérgio - 108 AC a 62 AC) que tentou derrubar a República e o Senado... Lá na velha Roma, e não em Brasília...

Conclusão: no Brasil que precisa ser passado a limpo, via Intervenção Constitucional pelo Poder Instituinte do Cidadão, não tem Catilina com coragem ou determinação para afrontar os podres poderes. 

Ai, meu Deus... Me dei mal...

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira mandado de busca e apreensão na residência oficial do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em Brasília.

O apartamento dele, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, também foi alvo da operação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da Procuradoria Geral da República. 

Também foram realizadas buscas nas residências do deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) e do senador Edison Lobão (PMDB-MA).

O grande alvo é o Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras que é considerada o mapa da mina sobre grandes escândalos da corrupção...

Mengão culpado?



O jornal irlandês "Irish Examiner" culpou o Flamengo por emprestar o azar para as derrotas, nos últimos 30 dias, de dois poderosos lutadores da UFC que vestiram o manto sagrado rubro-negro:

“Coincidência? Achamos que não. Fique longe do Flamengo. Nada de bom pode sair de lá”.

Foi o conselho que a publicação deu ao irlandês Conor McGregor que derrotou o rubro-negro José Aldo em apenas 13 segundos de luta.

Mês passado, a lindinha Ronda Rousey tomou um pau feio da Holly Holm.

É Yoda, Mestre...

Mais Nova Ordem Mundial, impossível...

O Daily Telegraph, da Inglaterra, informa que a "seita" Jedi está recebendo mais de mil adesões por dia, atingindo a marca de 250 mil seguidores só no Reino Unido.

A "igreja" Jedi, fundada por Daniel Jones, que assumiu o nome jedi de Morda Hehol, prega alguns princípios básicos: "Não existe emoção, existe paz" e "Não existe ignorância, existe conhecimento".

As adesões devem crescer com a estreia do novo filme da saga "Star Wars": Episódio VII - O Despertar da Força.

Como se tornar um Jedi

- Assine um documento no site da igreja e faça um treinamento.

- Creia na Força, "uma energia unificadora, na qual tudo está inserido e sempre retorna a ela".

- Não acredite nos filmes de "Star Wars": "tudo ficção".

- Medite, medite, medite. Meditação é a chave de jedaiismo.

- Não acredita em Deus? Sem problema! Para os jedis, acreditar em Deus é opcional.

Como já disse, "religião" Jedi é Yoda, Amado Mestre...

Amigo do amigo?


Homenagem musical a Lula e Bumlai


Hora da liberação