terça-feira, 27 de outubro de 2015

$anto $talinácio é gente inocente?

$anto $talinácio é gente inocente?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A Petelândia deve agendar, urgentemente, uma audiência com o Papa Francisco para solicitar a imediata canonização de Luiz Inácio Lula da Silva. Mesmo sem a ajuda do Vaticano, o Poderoso Chefão do PT tende a ganhar uma santificação. A recente declaração dada pelo pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do candidato a santo e presidente novamente, serviria como prova final para tornar o Presidentro mais poderoso que um deus do Olimpo. Se "deus" é brasileiro, e o Pontífice argentino, por que Lula não pode virar santo - ainda em boa vida?

Lula realiza o milagre da blindagem - que o torna um mito comparável a um santinho do pau oco. São $talinácio, que já é o padroeiro da seita petista, tende a acabar santificado, politicamente, pelo judiciário que ajudou a aparelhar de forma suprema. Além disso, segundo seus inimigos, já tem lugar garantido no Céu, quando partir da atual melhor para uma mais excelente ainda, porque a Presidência do Inferno já avisou que não aceita concorrência. Quem derrotou um câncer, e triturou a inexistente oposição, consegue suportar sacrifícios extremos - inclusive o de torcer pelo líder e pelo último colocado do campeonato brasileiro de futebol, praticando, ao mesmo tempo, a dualidade de Campeão e Rebaixado.      

O testemunho do amigão Bumlai, em arranjadíssima entrevista ao Estadão, ganhou destaque editorial "Fantástico" até na Rede Globo - que acende uma vela para deus, enquanto tenta apagar a do Eduardo Cunha. Aliás, o tal "Show da vida" terá o maior prazer em noticiar a santificação completa de Lula - de preferência se o anúncio vier acompanhado do patrocínio de alguma das 143 estatais de Bruzundanga. O mesmo programa deu ontem um espaço para o ex-Presidente FHC divulgar seu novo livro autobiográfico-presidencial, terminando com uma reclamação lamuriosa sobre a hegemonia que a crise e a Lava Jato exercem sobre a pauta nacional: "Não são os políticos que estão dando as cartas. Eles estão dançando a música dos outros".  

Ao contrário do que reclamou FHC, que também errou na previsão de que o PT seria aniquilado, Lula parece que continua dando todas as cartas, embora se incomode quando um Sérgio Moro aparece como um coringa que pode atrapalhar suas jogadas... Tanto isso parece verdade que o amigão Bumlai garantiu não ter nenhum tipo de negócio com o Lula. O empresário até ressalvou que se encontrou apenas duas vezes com Lula no gabinete do Palácio do Planalto, enquanto ele estava na Presidência. Segundo ele, nos encontros só tratou de assuntos do agronegócio e de reservas indígenas... Bumlai só faltou jurar por São $talinácio que, no período, nunca fez nenhuma viagem internacional no avião presidencial. 

Ao Estadão, Bumlai alegou que é apenas amigo de festa, de almoço, de aniversários, mas nunca de negócios. Assegurou que jamais fez lobby usando o santo nome de Lula. Antecipou até que não "teria nenhum problema" em fazer uma acareação com o lobista Fernando Baiano, delator premiado da Lava Jato, para explicar que não recebeu R$ 2 milhões para entregar à nora de Lula, mas sim apenas R$ 1,5 milhão que pegou emprestado para custear pagamento de seus próprios empregados, em um momento de vacas magras. Também negou ter intermediado o empréstimo de R$ 60 milhões junto ao Banco Schain para o PT pagar dívidas da campanha presidencial de 2006.

Enfim, Bumlai é tão santo quanto Lula - que parece prontíssimo para escapar de mais uma armadilha que passava a ilusão de ser capaz de apanhá-lo... Neste ritmo de santificação e de milagrosa blindagem que aumenta com o passar das denúncias que não se comprovam (e ainda acabam negadas midiaticamente), Lula vai reunir as forças (que pareciam perdidas) para retornar com a mais bilionária campanha presidencial rumo ao retorno triunfal em 2018...

Gente inocente


Achado de negócio